Crónicas do Tchort - Conspirações Bíblicas (Capitulo II)

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

(Continuação...)

Capitulo II - Os Filhos de Deus

As duas sementes tombadas no solo argiloso e barrento de cor vermelha, fecundaram a terra, germinaram e delas resultaram dois rebentos simultâneos, Adão e Lilith.



Deus gostou do que viu, mas jamais ousaria praticar de novo aquilo que as necessidades hormonais exigem que se pratique. O trauma foi enorme a Coca jamais lhe perdoou a infidelidade. A partir desse dia, o coito  sem fins procriativos passou a ser pecado e ai daquele que se atrevesse a desafiar as leis de Deus, toda a sua ira seria lançada sobre os prevaricadores.

Adão e Lilith eram meios-irmãos pela parte de Deus, que por sua vez eram igualmente meios-irmãos de Lúcifer, o senhor da luz. Foram estes os primeiros filhos de Deus.

Deus queria que Lúcifer fosse o herdeiro legítimo do seu trono nos Céus, por isso lhe concedeu a graça de ser o portador da luz, mas isto viria a ser trágico para o futuro da humanidade tal como Deus em teoria a concebeu.

Sendo Lúcifer o sucessor de Deus, a Lilith e a Adão estaria reservado o papel profícuo da multiplicação dos homens e das mulheres, naquele tempo ainda ninguém tinha estudado a fundo os efeitos genéticos complexos  da consaguinidade.
 Por isso Deus, juntou Lilith e Adão e acasalou-os, pelo menos pretendia Deus que assim fosse, na verdade este acasalamento não foi assim tão simples.

Não podendo mais praticar o coito, por imposição do Espírito Santo, Deus disse a Adão:

- Adão! ofereço-te  Lilith como tua esposa faz com que a humanidade se multiplique vezes sem conta.

Adão respondeu, prostrando-se diante de Deus:
- Mas senhor, como farei tal coisa?

Deus respondeu:
- Pratica o coito até lhe perderes a conta e verás o resultado.

- Mas, senhor como se faz isso? retorquiu-lhe o assustado Adão. (Adão era assim um bocado lerdo das ideias. Tinha herdado os genes da Dextra, a mais conservadora das am(ão)ntes de Deus).

Atónito com a resposta de seu filho, Deus ainda pensou em fazer-lhe um desenho, mas Deus era uma absoluta nulidade nas belas-artes. Ao invés, Deus tinha um dom natural, era um génio em literatura sânscrita, os vários capítulos que leu do Kama Sutra instruíram-no nessa ciência, pelo que lhe disse coloquialmente:

- Adão! Toma nas tuas mãos este sagrado manuscrito que agora mesmo acabei de escrever, nela encontrarás toda a sabedoria que ao homem é permitida para que a humanidade se multiplique.
Faz uma recitação desse escrito a Lilith três vezes ao dia e a humanidade se multiplicará até lhe perderes a conta.

Sem o saber, Adão havia recebido das mãos de seu Pai, o refrão da última músicas dos Rammstein, "Pussy" escrita em sânscrito!

Cuja letra é assim e cuja tradução me escuso a fazer a não ser em Inglês:

You’ve got a pussy
I have a dick
So, what’s the problem

Let’s do it quick

So take me now

before it’s too late
Life’s too short 
so I can’t wait


Adão era um tipo pouco esperto nas questões da língua e não percebia patavina de Inglês e muito menos de sânscrito, pelo que foi incapaz de recitar o poema a Lilith, sua esposa. Lilith é que não esteve pelos ajustes e pegando entre as mãos o manuscrito que Deus dera a Adão, recitou ela mesmo o poema. Ora isto inverteu aquilo que um homem não admite que se inverta e todo o plano dimensional do coito ficou alterado, ficou invertido, por assim dizer...

Lilith era matreira, inteligente e frívola no que aos afectos respeitava. Sabia tudo sobre a arte do amor, nas suas mais variadas formas e posturas. Lilith teve um pequeno agravo, mas que muito significou  no futuro da humanidade. Lilith foi precursora  dos ideais da emancipação da mulher. Lilith foi gerada em pé de igualdade com Adão, por isso  sempre revelou traços de rebeldia e de grande independência, face ao seu esposo.

Lilith recusava-se a ficar debaixo de Adão durante o coito, sendo que Adão não aceitava essa posição de inferioridade do macho, o que muito lhe desagradou. Essa condição de igualdade que reclamava a Adão, mas que Deus não lhe concedeu, fez com que tomasse a liberdade de  abandonar o seu lar e a procurar acolhimento num qualquer centro de apoio à vitima e então, exilou-se do paraíso e foi para Sodoma.

Adão ficou inconsolável com a partida da sua esposa, com quem nunca sequer chegara a praticar o coito.
Adão não se conteve e correu para junto de Deus fazendo uma choradeira  insuportável, a baba e o ranho cobriam-lhe o rosto. De imediato, Deus enviou uma patrulha  de três arlequins no encalço de Lilith, para a trazer de volta. De nada valeu, Lilith jamais voltaria para Adão preferindo prostituir-se de forma depravada com os demónios.

Então, Deus que era omnipotente e percebendo que Lilith jamais voltaria para junto de Adão, pensou em arranjar uma nova companheira para Adão.

Desta vez seria mais cauteloso e não deixaria que nenhuma semente se escapasse por onde não devia.
A mulher deve ser submissa ao homem e não vou correr o risco que corri com Lilith, ao  permitir que ela fosse gerada em pé de igualdade com Adão, pensava Deus com os botões da camisa...

Um dia chamou Deus, Adão à sua presença e disse-lhe:
- Adão precisas de uma nova esposa, a multiplicação da humanidade tem que prosseguir, essa é a minha missão. Vou conceder-te uma nova esposa.
- Senhor! isso seria óptimo! sabe como é, um homem também não é de ferro, e coisa e tal... o Lúcifer... tenho sofrido algum assédio por parte do Lúcifer e começo a ficar preocupado com alguns dos meus pressentimentos, nem sei se consigo resistir aos seus encantos, blá, blá, blá... rebéubéu pardais ao ninho!

Então, Deus já cansado da conversa de Adão, interveio e disse:
- Adão! aproxima-te de teu Pai! e Adão assim fez, aproximou-se...

Num ápice e de um só golpe Deus retirou-lhe a omoplata direita.
Segurou então a omoplata entre as mãos, elevou-a ao nível da cabeça, ligeiramente inclinada para a esquerda, num ângulo de vinte e dois graus, esfregou-lhe um pouco de cuspo com os dedos indicadores e soltou um gutural arroto sobre aquele naco de carne misturada com osso (Deus era muito meticuloso nas suas criações, qualquer desvio e a criação poderia ser um completo fracasso) e criou Eva, a futura esposa de Adão.

Doravante e por uma mera questão de pudor social, Eva seria a primeira mulher criada por Deus, Lilith tinha sido um desastre de criação e isso poderia afectar a reputação de Deus diante do Espírito Santo, por isso   qualquer referência à presença de Lilith sobre a terra, seria totalmente eliminada dos arquivos secretos que estão ocultos por detrás das Sagradas Escrituras.

Entregou Eva a Adão e ordenou-lhe que fosse submissa e obediente ao seu esposo e acasalou-os.

No próximo capítulo abordaremos as paixões e as traições, os desvarios e a lua-de-mel do novo casal de pombinhos...

(continua...)

1 comentários:

maoliver disse...

As crónicas do Tchort estão cada vez mais interessantes e recomendam-se, só é pena que a letra de Pussy dos Rammstein não esteja na língua de origem, Alemão.
Continuação de boas crónicas.
Mao

eXTReMe Tracker

  © Feira das Conspirações! - Santa Maria da Feira - Portugal - Maio/2008

Voltar ao Início